Nas palavras de Kobe, não há melhor que Kobe…

Kobe Bryant, já retirado das quadras de basquetebol, continua a gerar polémicas em torno do assunto que nunca perde o interesse: a atribuição do estatuto de GOAT, que em português significa “o melhor de todos os tempos”.

Desta vez, num ambiente bem mais descontraído que o normal para o astro americano, Kobe Bryant viu-se obrigado a ordenar 3 nomes, do melhor para o menos bom, sob pena de ter que comer uma língua de vaca crua, numa situação criada pelo apresentador do The Late Late Show, James Corden.

Entre muitas risadas e algum suspense, o ex-jogador ainda vacilou entre a resposta à pergunta, ponderando provar a iguaria que lhe foi proposta… Mas depois de alguma hesitação, lá respondeu: “O melhor de sempre sou eu, o Michael é o segundo melhor e o Lebron é o terceiro.”, numa declaração divertida mas que arrebatou muitos aplausos da plateia.

Não é algo que não soubéssemos de antemão, mas a confiança de Kobe Bryant mantém-se intacta desde que deixou os Lakers e a NBA. Nas suas próprias palavras, não há melhor que ele mesmo.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *