LeBron James torna-se no maior marcador da história da NBA.

Foi a 5 de abril de 1984, ainda Lebron não era nascido, que Kareem Abdul-Jabbar subia ao topo da lista dos melhores marcadores da história da NBA. Esta madrugada, quase 39 anos depois, foi a vez do próprio Lebron bater aquele que muitos consideravam o “record impossível”.

O 6 dos Lakers entrou para o jogo com os Thunder a 36 pontos do feito histórico e com um Staples Center completamente esgotado na esperança de presenciar o momento, que há muito se ansiava. A marca dos 38,387 pontos de Kareem foi ultrapassada a 10 segundos do fim do terceiro período, com um dos movimentos mais característicos de Lebron.

Imediatamente após este momento ,que vai ficar para a história, James teve direito a uma pequena cerimónia com a presença do comissário Adam Silver e o próprio Kareem Abdul-Jabbar, que entregou uma bola a Lebron, em sinal de passagem de testemunho.

Imagem

O jogador de 38 anos detêm agora um dos recordes mais inatingíveis da NBA, sendo que o jogador ativo mais próximo é Kevin Durant, com menos 12 mil pontos. James pode agora apontar à marca “redonda” dos 40 mil pontos, registo nunca alcançado.

Vasco Oliveira

Estudante de Ciências da Comunicação com o sonho de um dia poder trabalhar no jornalismo desportivo. @vascoliveira8 no Twitter

Deixe uma resposta