Irving quebra o silêncio

Kyrie Irving saiu do seu silêncio, um dia depois dos Brooklyn Nets anunciarem a sua saída da equipa para a próxima temporada. Não vacinado, o base All-Star tentou esclarecer a sua posição num vídeo colocado nas redes. 

Não ficámos convencidos das ideias de Kyrie, mas vemos uma informação importante, não vai retirar-se apesar do duro golpe que ele mesmo provocou.

“Tenho de ficar com aqueles que são vacinados e optam por voltar ao trabalho, mas também com os não vacinados que são forçados a ser vacinados e que perdem o seu sustento. Devemos estar todos juntos, disse. Não deve haver mais divisão.

Era o que eu tinha a dizer e espero que o meu vídeo seja exibido nos canais de TV para que ninguém fale de mim e da minha vida.

E não, não me vou retirar, não vou largar o basquetebol assim. Ainda há muito trabalho a ser feito e jovens para inspirar. Eu sei que eles querem tornar-se mais fortes do que eu e mal posso esperar para enfrentá-los. “

O jogador dos Nets continua a promover a liberdade individual e a liberdade de escolha, ao mesmo tempo que levanta a ideia de aproximar as pessoas, mas ainda não considera a vacinação acima de tudo um ato altruísta.

Enquanto ele estiver nesse estado de espírito, é improvável que seja visto num campo de basquetebol novamente e isso é uma pena.

Deixe uma resposta