Embiid acerta contas com fãs dos Raptors

Joel Embiid teve um regresso vitorioso em campo. Durante o jogo 3, o poste dos Philadelphia Sixers participou no sucesso da sua equipa contra os Miami Heat (99-79). Com mascara após a lesão contraída contra os Toronto Raptors, o camaronês foi convidado a voltar a esta ação.

E nesta ocasião, atingido na cara por Pascal Siakam, acertou as contas com os fãs dos Raptors. O jogador de 28 anos não gostou da atitude dos canadianos após a lesão.

“Um golpe intencional? Não sei. Acho que não. Pascal, é o meu tipo, claro. É lamentável, mas não acho que ele me queria lesionar. Fiquei muito mais irritado com a perceção das coisas pelos seus fãs.

Sempre achei que eles tinham fãs incríveis, mas as coisas mudaram na minha cabeça. Seja durante a série, com os cânticos ofensivos, tudo bem. De qualquer forma, isso não me afeta, mas acho que eles ficaram com raiva por causa da minha comemoração.

No momento, vemos os fãs com permissão a insultar os jogadores. Enquanto houver crianças nos pavilhões, mas mesmo sem as crianças não deveria ser normal. E do nosso lado, se respondermos, como Draymond Green, a Liga o multará.

Pessoalmente, não me importo. Mas quando damos, devemos ser capazes de receber. E eu também disse isso aos nossos fãs, quando alguém fala, se um jogador responde, tem que poder aguentar”, comentou Joel Embiid na frente da imprensa.

De facto, os confrontos entre o público e os jogadores são cada vez mais numerosos. Nestes playoffs, podemos citar os exemplos Kyrie Irving em Boston e Draymond Green em Memphis. Joel Embiid quis passar a mensagem…

Deixe uma resposta