Durant ataca o presidente da NY

Só porque Kevin Durant teve um jogo monstruoso (53 pontos) para ajudar os Nets a vencer os Knicks em New York, não significa que estava totalmente de bom humor após o jogo. KD não entende porque Kyrie Irving não pode, neste momento, ser autorizado a jogar no Barclays Center, mas pode estar junto ao campo, como no domingo.

Não vacinado, o jogador de Brooklyn não entra na lista de trabalhadores aptos a regressar às suas tarefas. Durant atacou o presidente da câmara, Eric Adams, a quem acusa de ser inflexível.

“É ridículo e eu não entendo nada. Sinto que, no ponto em que estamos, alguns estão apenas a tentar mostrar a sua autoridade. É isso que o presidente de New York está a fazer. Sinto que ele quer atenção…

Ele vai entender em breve, eu acho. Mas isto não faz o menor sentido. Há pessoas não vacinadas que vêm ao pavilhão, mas um jogador que não está colocaria mais em risco a nossa segurança? Todos estão confusos com isto e é estúpido. Eric, tens de resolver isto.”

As palavras de Kevin Durant não cairam bem ao jornalista da ABC Michael Wilbon.

“Kevin Durant é muito inteligente para dizer algo assim. Se quer acusar alguém, que seja o companheiro de equipa. Diz a ele para se vacinar. Ele não poderia ter ido para bons lugares, como a escola em New York se não tivesse sido vacinado.

Este vírus já matou centenas de milhares de pessoas e ele acha que o presidente de New York, a maior cidade dos Estados Unidos, vai mudar a situação só para responder a uma equipa de basquetebol?”

Deixe uma resposta