Com o regresso aos playoffs, ainda há espaço para sonhar mais alto?

Os Chicago Bulls garantiram esta temporada o seu regresso aos playoffs aos fim de 7 temporadas sem presença na fase decisiva da época. A verdade é que ninguém dava pelo conjunto do Illinois no começo da temporada, mas com o desenrolar da mesma, os Bulls foram conquistando a atenção de muitos adeptos da melhor liga do mundo. Mas após a surpresa na temporada regular, ainda haverá espaço para sonhar com uma performance surpreendente nos playoffs?

São vários os fatores que podemos analisar, mas comecemos pela consistência (ou falta dela) da equipa de Chicago. Os Bulls chegaram a estar no topo da sua conferência, mas a verdade é que desceram de rendimento nos últimos meses, e consequentemente desceram na tabela, onde estão atualmente na 6ª posição. Esta inconsistência também pode estar relacionada a algumas lesões que foram surgindo no plantel de Billy Donovan.

E por falar em lesões, não nos podemos esquecer que os Bulls não poderão contar com Lonzo Ball para esta “aventura” nos playoffs. O jogador contratado no verão passado aos Pelicans está de fora até à próxima temporada, devido a uma lesão no joelho. Ball teve um papel importante na equipa, sendo um dos principais (se não o principal) “playmaker” do conjunto de Chicago.

Outra questão importante a abordar é relacionada com Demar DeRozan. Desde os tempos dos Toronto Raptors que o camisola 11 dos Bulls é conhecido por “desaparecer” na fase do “mata-mata”. O jogador sempre realizou temporadas a alto nível, tanto em Toronto como em San Antonio, mas nunca vingou nos playoffs em nenhuma das equipas. Resta saber se, após aquela que foi uma das melhores temporadas da sua carreira, chegará aos playoffs com mais “sangue frio” para ajudar os Bulls.

O último aspeto a analisar sobre esta equipa dos Bulls e as suas hipóteses nos playoffs é sobre os seus resultados frente aos oito primeiros classificados da liga (Este e Oeste). Pode até parecer estranho, mas os Bulls detêm um record de 2-20 perante os 8 primeiros classificados da NBA, e isto demonstra a divergência frente a outros candidatos mais fortes.

Apesar de todas estas adversidades, não podemos excluir que os Bulls provoquem uma surpresa na luta pelo Este, até porque a luta pelo título desta conferência se adivinha bastante interessante. Bucks, Celtics ou 76ers, um destes será o adversário dos Bulls na primeira ronda dos playoffs, que têm início marcado para o próximo dia 16 de abril.

Vasco Oliveira

Estudante de Ciências da Comunicação com a aspiração de um dia poder trabalhar no mundo da NBA. @vascoliveira8 no Twitter

Deixe uma resposta