Análises 23/24 – OKC Thunder

Na temporada passada, os Oklahoma City Thunder terminaram com um record de 40-42 na décima posição da conferência Oeste. A equipa foi eliminada pelos Minnesota Timberwolves no “play-in”.

Entradas:

  • Davis Bertans, TyTy Washington Jr, Cason Wallace, Victor Oladipo, Jack White, Vasilije Micic e Keyontae Johnson.

Saídas:

  • Jared Butler e Dario Saric;

Rotação Prevista:

  • PG – Shai Gilgeous-Alexander
  • SG – Josh Giddey
  • SF – Lu Dort
  • PF – Jalen Williams
  • C – Chet Holmgren
  • Banco: Cason Wallace, Isaiah Joe, Ousmane Dieng, Jaylin Williams, Aleksej Pokusevski, Aaron Wiggins, Kenrich Williams, Olivier Sarr, Jeremiah Robinson-Earl, Tre Mann e Jack White.
  • Treinador – Mark Daigneault

Os Thunder têm uma das melhores bases jovens da liga e, juntando todas as escolhas de draft que detêm, prometem ser uma grande potência no futuro. Este temporada poderá ser o “desbrotar” de todo o potencial presente no conjunto de Oklahoma, com a equipa a voltar aos playoffs.

Shai Gilgeous-Alexander é a principal referência da equipa. Aos 25 anos, o canadiano é um dos melhores jogadores da liga, tendo terminado a temporada passada no 5º lugar da votação para o prémio de MVP. De lembrar que teve uma média astronómica de 31 pontos por jogo em 68 jogos no ano passado.

Para lá de Shai, os Thunder têm Josh Giddey, que se vai tornando cada vez mais num “all arounder” de excelência, conseguindo contribuir em todas as situações do jogo. Para lá de Giddey, existe a outra futura estrela dos Thunder, que se vai estrear esta temporada. Após lesão no ano passado, Chet Holmgren irá realizar a sua primeira temporada na NBA e já demonstrou ser capaz de ter impacto imediato no que será a temporada da equipa. O jovem de 21 anos poderá ser um dos principais candidatos a “Rookie of the Year”, assim como vir a tornar-se numa das principais caras da liga nos próximos anos.

No cinco inicial, constam ainda Jalen Williams e Lu Dort. Williams é também um jovem promissor, que após uma excelente primeira temporada na NBA, parte para a segunda com as expetativas muito altas por parte dos adeptos. Dort já é um dos jogadores que está há mais tempo no plantel, executando um plantel importante como lançador.

O banco dos Thunder também é superior ao da temporada passada, destacando-se o regresso de Victor Oladipo, que num núcleo jovem poderá ter um papel diferente aquele que tinha nos Miami Heat. Também Pokusevski e Bertans serão dois jogadores interessantes para acompanhar na rotação.

Espera-se uma excelente temporada por parte dos Thunder, que não chegam aos playoffs desde 2020. Com a “rebuild” quase completa, chegou a hora de colocar em prática o projeto que tem vindo a ser preparado nos últimos anos e atacar o lugar nas 8 melhores equipa da conferência Oeste, que promete vir a entreter muito este ano.

Vasco Oliveira

Estudante de Ciências da Comunicação com o sonho de um dia poder trabalhar no jornalismo desportivo. @vascoliveira8 no Twitter

1 thoughts on “Análises 23/24 – OKC Thunder

Deixe um comentário