Dream Team, a história da única derrota

O Dream Team de 1992 não perdeu uma única partida oficial até à sua coroação esperada em Barcelona, ​​nos Jogos Olímpicos. Entre os poucos segredos mais bem guardados em torno desta equipa icónica, está a derrota durante a preparação. 

O que às vezes esquecemos é que a equipa de Chuck Daly perdeu um jogo naquele ano. Não foi oficial, mas quem compareceu ainda se lembra.

Num jogo de treino, uma equipa formada por jovens talentos universitários trazidos para se preparar de futuro para a NBA fez frente à armada americana. Certamente, Michael Jordan, terá ficado a descansar. Mas isso não impediu Daly de montar um formidável cinco e um banco, que deveria ter vencido estes jovens.

Entre eles estão Chris Webber, Penny Hardaway, Grant HillAllan HoustonJamal MashburnRodney Rogers e Eric Montross

“C-Webb” em particular causou danos consideráveis.

“Um ano depois daquele jogo, eu estava no Draft com Don Nelson, o treinador dos Warriors, que me pediu a minha opinião. Eu disse a ele: ‘tudo que sei é que um dia em San Diego, esse jogador, Chris Webber, foi o melhor jogador de basquetebol em campo, enquanto Larry Bird também estava lá. ‘

Era um grupo incrível de jovens jogadores e todos eles tiveram grandes carreiras. Foi uma luta que para eles, foi como o sonho de uma vida e eles jogaram muito bem”, disse Chris Mullin, membro do Dream Team, no podcast do Haberstroh.

Não sabíamos como jogar uns com os outros. Tentámos não pisar nos calcanhares um dos outros, não ferir o ego de cada um. Assim, estes rapazes mataram-nos “, lembra Scottie Pippen.

Quanto à carreira, nenhum terá chegado ao grau de notoriedade ou à lista dos maiores nomes do Dream Team.

  • Chris Webber, entrou no Hall of Fame este ano, o melhor que fez foi uma final da conferência com os Kings, foi frequentemente prejudicado por lesões.
  • Grant Hill é membro do Hall of Fame e teve uma ótima carreira, mas em última análise, muito longe do que o seu talento prometia devido aos seus grandes problemas físicos.
  • Penny Hardaway começou forte com Orlando ao lado de Shaq até as finais da NBA de 1995, antes de ver a carreira e enorme potencial constantemente prejudicados por lesões.
  • Jamal Mashburn formou um trio de jovens audazes com Jason Kidd e Jim Jackson em Dallas, antes de se destacar em Miami. O ex-extremo de Kentucky chegou a All-Star.
  • Depois de iniciar a carreira com os Pistons, Allan Houston tornou-se num dos jogadores mais amados na história recente dos New York Knicks, que ajudou a levar às finais da NBA em 1999 para surpresa de todos.
  • Bobby Hurley foi um fenómeno com Duke e um dos jogadores mais talentosos dos Blue Devils na universidade. Na sua temporada de estreia, Hurley foi vítima de um acidente de carro e jogou apenas 269 jogos na carreira com relativa descrição em Sacramento.
  • Eric Montross, o poste desta Seleção, teve uma carreira principalmente como jogador de rotação na NBA, em Boston, Dallas, New Jersey, Philadelphia ou Toronto.
  • Rodney Rogers foi o 6º jogador do ano em 2000 com os Phoenix Suns e chegou às finais da NBA com os Nets no início de 2000.

Todos estes antigos jogadores podem dizer uns aos outros hoje que foram melhores do que a melhor equipa de todos os tempos.

Deixe uma resposta