Warriors vingam-se dos Rockets em Houston

Era o jogo mais aguardado da noite, por diversas razões. As 2 equipas que são para muitos as 2 melhores da conferência Oeste voltaram a protagonizar um grande jogo, com equilíbrio e incerteza no marcador até ao fim.

Apesar de estarem sem Kevin Durant os Warriors não se intimidaram com os Rockets, que vinham de uma série fantástica, e começaram o 1° período a todo o gás, com Steph Curry e Klay Thompson juntos a marcarem 20 pontos, enquanto que pelos Rockets James Harden não esteva inspirado, e falhou vários lançamentos, num jogo que seria de pesadelo para os Rockets a lançar do exterior. No final do 1° período ganhavam os Warriors por 33-23.

No 2° período os Rockets conseguiram voltar ao jogo e anular as principais peças dos Warriors, Curry apenas marcou 2 pontos no período, e chegaram ao intervalo a perder por apenas 2 pontos, com 54-52 a favor dos Warriors no marcador. James Harden já se tinha redimido do mau 1° período e levava já 16 pontos, 11 no 2° período.

Após os intervalo o jogo manteve-se muito equilibrado, com os Warriors mais eficazes que os Rockets quando efectuavam lançamentos de 3, apesar de Curry não ter estado inspirado a lançar do exterior, mas com Klay Thompson de mão quente, e com Cousins a marcar vários pontos, isto aliado ao facto de não falharem de lance livre fez com que terminassem o 3° período com vantagem de 7 pontos, 85-78 para os Warriors.

Os Rockets, sendo uma equipa que consegue dar a volta a qualquer jogo, voltaram a apertar os Warriors, mas não conseguiram empatar, apesar de boas oportunidades para isso, com James Harden a falhar o último lance livre da noite, que poderia ainda dar alguma esperança aos Rockets, pois ficariam a perder por 1 e com 5 segundos para jogar, mas mesmo Harden falhou mais que o habitual da linha, e nesses pormenores se fazem a diferença num jogo destes, em que os Warriors não falharam da linha de lance livre, para além de mais eficazes a lançar de 3 e em lançamentos de campo também.

106-104 para os Warriors, uma vitória que premiou a maior eficácia dos bi-campeões.

Klay Thompson com 30 pontos, Cousins com 27 e Curry com 25 foram os melhores da equipa de Steve Kerr.

Do lado dos Rockets mais uma vez James Harden foi a referência ofensiva, com 29 pontos e 10 assistências, destaque também para Chris Paul com 24 pontos e para o duplo-duplo de Clint Capela com 13 pontos e 13 ressaltos.

Com esta vitória os Warriors cimentam a sua liderança no Oeste, com 46-21, enquanto os Rockets viram a sua série de 9 vitórias seguidas interrompida, e agora estão empatados com os Thunder na 3a posição no Oeste, com registo de 42-26, com os Trail Blazers à espreita.

Márcio Dias

Natural e residente do Porto Licenciado em Línguas, literaturas e culturas na FLUP Fã de múscia, cinema e literatura, apaixonado por desporto e em particular por basquetebol

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *