Rockets sobrevivem a assalto final dos Raptors

Foi um dos jogos mais emotivos da noite, daqueles que prova que na NBA nada está garantido e tudo pode acontecer.

Os Rockets venceram os Raptors por 121-119, com os Raptors a terem a última posse de bola do jogo, depois de os Rockets terem estado a vencer por 11 pontos com apenas um minuto para jogar.

O jogo começou com James Harden a ter marcação apertada, levando-o a soltar mais vezes a bola, ora para Gordon, ora para Tucker ou mesmo Faried, e com a equipa a estar toda envolvida no processo ofensivo, os Rockets dispararam para um parcial de 17-2, com 25-10 no marcador. Os Raptors não encontraram resposta para os Rockets e pouco consistentes e procura do seu melhor jogo foram para o fim do 1° período a perder por 33-20. O 2° período começou com os Rockets muito fortes outra vez, e chegarem aos 4 minutos do período com parcial de 15-6, colocando o jogo a 22 pontos de diferença, 48-26. Os Raptors conseguiram reduzir e chegar ao intervalo com apenas 9 pontos de desvantagem, já depois de terem estado a 6 pontos, para isso, ajudou o facto de Harden não conseguir ser eficaz no seu tão temido step back e lançamento exterior. 70-61 era o resultado.

Depois do intervalo a toada manteve-se, com o jogo a parecer estar destinado aos Rockets, que teve em Faried um elemento fundamental, não só pelos pontos e muitos ressaltos, mas também pelo que defendeu, de destacar que no 3° período Harden voltou a acertar com o cesto e marcou 11 pontos no mesmo, ele que tinha 13 nos outros 2, apesar de não estar com a pontaria afinada de 3, Leonard, apesar dos bons números, esteve um pouco abaixo do normal, e cometeu alguns erros pouco normais nele. No 4° período, os Rockets, que começaram o mesmo a ganhar por 7 pontos de diferença, pareciam ter o jogo controlado, nunca permitindo uma real aproximação dos Raptors, conseguindo até distanciarem-se. Mas aí surgiram os erros da turma de Houston, a ganhar por 121-110 a 1:10 do fim do jogo, permitiram uma recuperação de 9 pontos aos Raptors, com vários turnovers pelo meio, uma reposição precipitada, e Gordon e lançar com tempo para gastar, e mal, os Raptors ficaram com a última posse de bola, e com Kawhi Leonard a assumir a responsabilidade do lançamento, os Rockets respiraram de alívio quando Kawhi falhou o lançamento de 3, muito bem defendido por James Harden.

James Harden, apesar de não ter estado bem a lançar de 3, foi mais uma vez destaque, ao marcar 35 pontos, indo com 22 jogos seguidos a marcar +30 pontos. Na equipa dos Rockets houve outros 4 jogadores nos 2 digítos, Gordon com 24, Tucker com 18, Rivers com 13 e Faried em grande com 21 pontos e 14 ressaltos. Pelos Raptors o destaque vai para Kawhi Leonard, com 32 pontos, apesar de Siakam e Ibaka terem atingido duplos-duplos, Siakam 22 pts e 12 ressaltos, Ibaka 12 pts e 14 ressaltos.

Os Rockets com esta vitória estão com registo de 28-20, em 5° lugar no Oeste, enquanto os Raptors estão com 36-15 em 2° lugar no Este.

Pedro Ribeiro

Formado em Ciências da Comunicação, trabalhou como Jornalista e Assessor de Comunicação. Fã da NBA, participou em vários projetos sobre esta liga. Fundador do site www.nbaportugal.com https://twitter.com/pedrofmribeiro

Deixe uma resposta