Previsão: Rookie do Ano

Como em todos as épocas, no final da época, a NBA apresenta prémios que coroam jogadores de acordo com as suas performances em várias vertentes. É desta maneira, que devido ao facto de estarmos à porta do começo da época de NBA, em jeito de previsão, vou delimitar 5 jogadores para cada categoria, que na minha opinião são os candidatos mais fortes. Começo pelo Rookie do Ano, que premia o jogador de 1ºano com a melhor época.

5 – Isaac Okoro

O jogador dos Cleveland Cavaliers, foi a 5ª pick no Draft de 2020, e é considerado como o melhor defesa de toda a sua turma do draft. Não é um jogador que levanta muito mediatismo, no entanto no seu primeiro jogo de pré-época ganha o jogo à sua equipa com um game-winner, e juntando a isso está a fazer uma campanha boa nos jogos de pré-época. Isaac Okoro é um jogador de perímetro, e dessa forma faz a posição 2 e 3, no entanto devido ao facto de estar nos Cleveland Cavaliers, o jogador vai ter imensa liberdade e minutos, a principal razão pela qual ter entrado nesta lista. Uma grande questão que Okoro tinha no draft, é se iria aliar à sua ótima defesa, armas ofensivas, e pelo que parece, nos jogos da pré-época tem sido agressivo e lançado uma boa percentagem, de três pontos.

4 – Deni Avdija

O jogador israelita foi escolhido com a 9ª pick do draft da NBA 2020 pelos Washington Wizards, no entanto esperava-se que fosse escolhido mais acima, especialmente no top 5. No entanto, a potencialidade do jogador permanece, e tendo apenas 19 anos tem uma vasta experiência, tendo jogado no Maccabi Tel-Aviv antes de ingressar na NBA. É um jogador de perímetro, multifacetado, com capacidades atléticas para ser um exímio defensor, e é também um jogador com grandes capacidades ofensivas.

Deni Avdija tem imenso potencial, e certamente será uma parte crucial nos Wizards pós-Wall. Aliás, Scott Brooks, o treinador dos Wizards já afirmou que Deni poderá ser o 3 titular para a próxima temporada, e dessa forma tem minutos para poder crescer e polir o seu jogo. Na pre-season, o jogador israelita impressionou, lançando 6 em 6, incluindo 3 em 3 da linha de três pontos, mostrando a sua eficácia ofensiva.

3 – James Wiseman

O jogador selecionado com a 2ª pick do draft pelos Golden State Warriors, é um poste possante, especialista defensivamente. Embora ainda não se tenha estreado pelos Warriors, James é uma peça que encaixa na perfeição, isto porque, apesar de o seu jogo ofensivo ainda não estar toalmente desenvolvido, Wiseman é um jovem muito atlético e rápido, o que em transições ofensivas é extremamente benéfico. Olhando para a forma fluida como os Warriors jogam, e com Steph Curry a orquestrar o ataque, Wiseman terá muitos cestos fáceis para aumentar o seu pecúlio ofensivo. É dessa forma que aliada à tutoria que irá receber de jogadores experientes nos Warriors, e sendo ele o poste de primeira escolha na hierarquia da seleção, espera-se muito do jovem jogador.

2 – Anthony Edwards

A primeira pick do Draft de 2020, escolhido pelos Minnesota Timberwolves, Anthony Edwards é um base de capacidade atlética soberba, que encontra sempre forma de marcar pontos para a sua equipa. Apesar de ser a 1ª pick, não considero o candidato mais provável a rookie do ano, pois apesar das suas valências, Anthony Edwards também tem algumas questões. Essas dúvidas vêm sobretudo da sua inconsistência e escolha de lançamento, pois apesar de Anthony Edwards ser um dos jogadores mais explosivos e rápidos da NBA, muitas vezes descontrola-se e não tem o discernimento para tomar as decisões mais corretas dentro das quatro linhas. Obviamente, este calo e capacidade de decisão virá com o passar dos anos e com a experiência, mas atualmente isso irá trazer algumas exibições menos eficazes e com um número elevado de perdas de bola, no entanto, apesar de ainda não ser um bom defensor, tem a capacidade para isso, devido à sua monstruosa capacidade atlética. Outra grande questão, será o quanto terá a bola nas mãos, pois está numa equipa com D’Angelo Russell (que gosta muito de ter a bola nas mãos) e Karl Anthony-Towns, que é assumidamente a estrela da equipa dos Wolves. No entanto, uma queixa é certa com Anthony Edwards, “highlights” não vão faltar.

1 – LaMelo Ball

Por falar em highlights, o irmão mais novo da família Ball, para mim é o principal candidato a Rookie do Ano. Isto porque, o jogador terá o controlo da equipa que o draftou, Charlotte Hornets, e é um jogador que tem aquela “star quality” que não se ensina. É sem dúvida o melhor passador da sua turma de draft, e com 2,01 metros tem uma vantagem sobre grande parte dos bases que o defendam. É muito forte a ir para o cesto, e tem um drible apurado. Quanto ao seu lançamento, havia algumas questões devido à sua forma de lançar, no entanto é algo que o jogador já declarou que está a trabalhar para melhorar. No entanto, tempo as rédeas dos Hornets, torna-o seu dúvida um potencial “franchise player”, e penso que terá uma época que assim o vai indicar.

João Pereira

Amor incondicional pela magia do basquetebol! Adepto de NBA e dos Miami Heat! #HEATCulture

Deixe uma resposta