Os 5 melhores buzzer beaters da história dos Playoffs.

Não há nada melhor que ver um bom jogo de NBA ser resolvido no último segundo. Hoje decidimos ordenar os melhores buzzer beaters na história da NBA.

5- Ralph Sampson- Finais de Conferência Oeste 1986

Os Houston Rockets enfrentavam os campeões em título Los Angeles Lakers. A equipa texana estava a vencer por 3-1 na série e com um segundo para jogar o mais improvável aconteceu.

O jogo estava empatado 112 e Ralph Sampson com um toque subtil congelou o pavilhão dos Lakers. A equipa dos Rockets chegou às finais mas acabou por cair frente aos Celtics de Larry Bird.

4- Daminan Lillard- Primeira ronda da conferência Oeste- 2014

Os Blazers não venciam uma ronda dos playoffs há 14 anos, e estavam em desvantagem no jogo 6 em casa com apenas 0,9 segundos para jogar.

“A three wins the series”, e foi realmente o que aconteceu, Dame Lillard com um triplo fantástico terminou a série e mandou os Rockets para casa.

3-Damian Lillard vs Thunder- 2019 playoffs- 1ª ronda.

E novamente Dame Time a aparecer. Os Blazers venciam por 3-1 e o jogador tinha 47 pontos num jogo empatado a 115.

E eis que Lillard decide atirar do meio da rua, e acabar não só com a época dos Thunder, mas a terminar com uma exibição de 50 pontos.

2-Kawhi Leonard vs Sixers- 2019 playoffs- Semi Finais da Conferêncie Este.

Um dos game winners mais icónicos da história da NBA que aconteceu há exatamente um ano. Quem sabe se aquela bola não tivesse entrado o campeão poderia ter sido outro.

Sem dúvida o mais dramático desta lista, e o primeiro e único buzzer beater num jogo 7. Kawhi levou os Raptors às finais de conferência, num percurso que iria acabar com a equipa canadiana no topo.

1- Michael Jordan vs Cavaliers- 1ª ronda 1989.

E terminamos com um lançamento daquele que muitos consideram o GOAT. Game 5 em que os Bulls perdiam por 1 com 3 segundos para jogar.

Até que apareceu Michael Jordan e resolveu a eliminatória.

Vasco Oliveira

Fã dos San Antonio Spurs com 17 anos, deve ser algo inédito nesta liga das modas.

Deixe uma resposta