“Ones to Watch 22/23”: Rudy Gobert

“Ones to Watch 22/23” consiste em analisar ao pormenor um jogador de cada equipa da NBA, que tem muito para provar na temporada que se avizinha. Os jogadores são selecionados conforme a sua situação atual, como por exemplo, um jogador regressado de lesão, um jogador que tem a “obrigação” de se afirmar, um jogador que foi recentemente adquirido, etc. A rúbrica funcionará por ordem alfabética de equipas e será lançada todos os dias até ao começo da temporada.

Um dos movimentos mais sonantes deste mercado foi o de Rudy Gobert para os Minnesota Timberwolves, o jogador francês de 30 anos vai ter a sua primeira experiência fora dos Jazz, ao fim de 8 anos de NBA. Gobert é dado assim como um investimento forte dos Wolves, para lutarem pelo seu primeiro título da história.

Gobert é um dos melhores jogadores defensivos na liga, aliás, não é “à toa” que é detentor de 3 prémios de “Defensive Player of the Year” no últimos 5 anos. Um jogador dominante no que toca a defender a tabela, sendo tanto um excelente desarmador de lançamentos, como um “rebounder” útil para qualquer equipa. É, de facto, um defensor de cariz único, e existem poucos na liga com a mesma capacidade no eixo defensivo. No ataque, consegue ter bons números e ser bastante útil no “pick and roll”, algo que com certeza vamos assistir várias vezes estas temporada. Na temporada passada teve médias de 15.6 pontos, 14.7 ressaltos e 2.1 blocos por jogo, números tremendos defensivamente.

A contratação de Gobert é, logicamente, com o objetivo de melhorar os números defensivos dos Timberwolves, dando uma estabilidade maior ao eixo defensivo da equipa. Uma questão que se coloca é a presença de outro dos melhores centers da liga no plantel, Karl Anthony-Towns. O esperado é que o gaulês fique na posição de center, enquanto KAT jogará a PF, uma posição diferente, mas que até pode ser mais benéfica para o jogador, tendo em conta as suas capacidades de lançamento.

Os Wolves são então uma das equipas em que é se deve ter os olhos postos esta temporada. Gobert vem para facilitar o jogo não só na defesa, mas para criar espaços no ataque, para jogadores como Anthony Edwards ou D´Angelo Russell.

Vasco Oliveira

Estudante de Ciências da Comunicação com a aspiração de um dia poder trabalhar no mundo da NBA. @vascoliveira8 no Twitter

Deixe uma resposta