Noites de NBA: 30/01/2019

Tatum e Brown carregam os Celtics perante os Hornets

Com Kyrie fora de ação, Terry Rozier aproveitou mais uma oportunidade para comandar o ataque da equipa de Boston, o base fez um jogo bastante competente e acabou com 17 pontos e 10 assistências (apenas 1 perda de bola). Mas, quem se destacou foram os dois jovens extremos, Tatum chegou aos 20 pontos enquanto Brown foi o melhor marcador em campo com 24. Do lado de Charlotte apenas Kemba Walker passou a barreira dos 20 pontos (21). 94-126

Bulls (sem Zach LaVine) surpreendem os Heat, em Miami

Apesar de os Chicago Bulls já estarem muito longe da luta pelos playoffs, o treinador Jim Boylen não é alguém que deixe a equipa baixar o ritmo até ao final da época. Esta 4ª feira foi mesmo isso que aconteceu, vimos uma equipa de Chicago 100% focada e com os olhos postos na vitória. Destacam-se as exibições de Bobby Portis (26 pontos) e de Wayne Selden (20 pontos). 105-89

Máximo de época para Dirk Nowitzki bate os Knicks no Madison Square Garden

Com cinco jogadores a marcarem nas dezenas, os Dallas Mavericks foram a Nova Iorque vencer por 114-90. No entanto, os holofotes apenas brilharam sobre Dirk, o alemão, conhecido por fazer sempre grandes exibições no MSG, chegou aos 14 pontos em apenas 11 minutos. Também destaco o triplo-duplo de Dennis Smith Jr. (13/10/15) , que poderá estar em vias de ser trocado e os 19 pontos de Harrison Barnes. Apenas Kevin Knox (17) e Trey Burke (16) passaram os quinze pontos na equipa dos Knicks.

Mais um triplo-duplo para Jokic e mais um triunfo para os Nuggets

Jokic terminou o jogo com 20 pontos, 13 ressaltos e 10 assistências, chegando assim ao seu oitavo triplo-duplo da época. Quem também chegou às duas dezenas foi o base Monte Morris, que na ausência de Jamal Murray, marcou 20 e distribuiu 7 assistências e Malik Beasley, o extremo que tem média de 20 pontos nos últimos quatro jogos, acabou com 22 pontos. Vitória por 105-99 para os Nuggets frente a uns Pelicans sem Anthony Davis.

Towns marca lançamento incrível e os Timberwolves batem os Grizzlies após prolongamento

Apesar do poste da equipa de Minnesota ter passado grande parte dos três primeiros períodos no banco por causa do limite de faltas, para rejubilo dos adeptos dos Wolves, KAT estava no campo para marcar o cesto, no prolongamento, que deu, à sua equipa, a vitória por 97-99. Assim, Minnesota chegou à 4ª seguida e o treinador Ryan Saunders continua o seu excelente trabalho. Destaque para os 19 pontos de Jerryd Bayless e do lado de Memphis, para os 26 de Mike Conley.

Bradley Beal e Jeff Green lideram os Wizards a uma vitória frente aos Pacers

Desde a lesão de John Wall,a equipa de Washington tem jogado coletivamente e a bola tem passado pela mão de todos os jogadores, dando assim oportunidade a qualquer jogador de se destacar. Foi isso que se viu nesta madrugada, além dos 25 pontos de Beal, vimos Jeff Green a marcar 23 e mais três jogadores a chegarem aos 10 pontos (Ariza, McRae e Chasson Randle). Sem Oladipo, Indiana chega a 3ª derrota consecutiva. 89-107

Sacramento bate os Hawks num jogo sem história

Desde o início do 2º período que se adivinhava uma vitória da equipa da casa, após um primeiro período equilibrado, no segundo, rapidamente os Kings passaram para a frente e nunca mais largaram a vantagem. Quatro jogadores da equipa de Sacramento bateram a barreira dos quinze pontos, Hield com 18, Bogdanovic com 16, o rookie Bagley com 17 e Giles com 20 (máximo de carreira). Do lado dos Hawks, apenas se destacou Trae Young, com 23 pontos e 8 assistências, que mesmo assim não evitou a 4ª derota em 6 jogos da sua equipa. 135-113

Dupla Lillard/McCollum brilha frente aos Utah Jazz

Num jogo que se previa equilibrado, a equipa de Portland entrou focadíssima e saltou para uma liderança de 18 pontos logo no primeiro período. Damian Lillard foi o pontuador máximo com 36 (8 ressaltos e 11 assistências), bem secundado pelo seu companheiro de backcourt, CJ McCollum, que chegou aos 30 pontos (em apenas 17 lançamentos). Donovan Mitchell ainda tentou remar contra a corrente com 22 pontos, mas não foi suficiente para evitar a derrota por 27 pontos. 105-132

TOP 10 jogadas da noite


Deixe uma resposta