Neemias Queta junta mais minutos em derrota dos Boston Celtics contra os Los Angeles Lakers

Apesar da derrota dos Boston Celtics, Neemias Queta conseguiu ter uns sólidos 13 minutos devido à indisponibilidade de Luke Kornet.

Neemias Queta somou mais 13 minutos neste último jogo ao serviço dos Boston Celtics na derrota por 114-105 contra os Los Angeles Lakers. Apesar da derrota alarmante visto que os Lakers não tiveram os serviços de LeBron James e Anthony Davis, Neemias Queta foi quase um ponto positivo na derrota dos Boston Celtics terminando com 7 PTS, 7 RBS (4 Ofensivos e 3 Defensivos), 1 AST, 1 BLK em 3-5 de FG e 1-1 de FT com 2 faltas.

Neemias teve uma boa presença por baixo do cesto, com alguns bons cortes para o cesto do lado ofensivo e boas movimentações fora de bola do lado defensivo e continua a beneficiar da parceria positiva com Al Horford que tem sido claramente uma influência positiva no portuguès

Porém, pode-se notar ainda vários pontos de melhoria ainda a Neemias Queta. Ainda algumas melhores decisões com a bola no lado ofensivo, principalmente quando está entre o garrafão e a linha de 3 pontos e algumas decisões no lado defensivo que podem por em perigo a consistência defensiva dos Celtics.

Neste jogo, Joe Mazzulla tentou juntar Kristaps Porzingis com Queta e os resultados foram negativos, em que se notou confusão em ambos postes de como proceder nas rotações defensivas, ainda mais com Christian Wood e Jaxson Hayes em campo.

Highlight de Neemias:

Assiste a todos os jogos da NBA e da Liga Portuguesa de Basquetebol! Regista-te na Betclic com o promocode NBAPTBETS e ainda ganhas uma Aposta Sem Risco até 50€!

Regista-te AQUI com o promocode NBAPTBETS e assiste a todos os jogos!

Tomás Carneiro

Bem, música, cinema, basquetebol e cozinha são a minha vida. Melómano em que registo todos os álbuns que ouço, registo todos os filmes que vejo. https://rateyourmusic.com/~tomasmei - perfil do rateyourmusic https://letterboxd.com/tomasmcarneiro/ - Perfil do Letterboxd Em relação a basquetebol, sou fã do Toronto Raptors na NBA (cresci a ver vídeos do Vince Carter e sim, Lowry é o GROAT) e na Euroleague sou fã do Partizan (Punter continua onde deve). Sou fã principalmente de jogadores novos e dos talentos a crescerem.

Deixe um comentário