NBA 2019/2020: Milwaukee Bucks

Depois de uma das melhores épocas de sempre do franchise, ao serem a equipa com melhor registo na fase regular, de terem o MVP ficou a faltar a cereja no topo do bolo, serem campeões de conferência e disputarem a final da NBA.

Este equipa apresenta-se diferente, possivelmente mais fraca, mas com Giannis Antetokounmpo o céu é o limite e certamente depois de terem estado tão perto de fazer história, este ano vão entrar com tudo para conseguirem o que não foi possível o ano passado.

Uma das principais perdas este ano foi a saída do jovem Malcolm Brogdon, no entanto, Mike Budenholzer já provou ser um mestre no que toca a ajustamentos.

Vamos dar uma vista de olhos no 5 inicial dos Bucks para a nova temporada.

Point Guard: Eric Bledsoe

Resultado de imagem para eric bledsoe

Bledsoe é um jogador capaz do melhor e do pior. Numa boa noite consegue ser um playmaker fortíssimo, percentagens de lançamentos muito boas e um defensor muito ativo. Infelizmente também conta com as suas noites menos boas, e são algumas. Capaz de perder muitas bolas, tomar ações precipitadas, um jogador que facilmente compra guerras desnecessárias.

Ultimamente tem chegado aos playoffs “cansado”, com pouca energia e os Bucks ressentiram essa apatia nos últimos dois anos. Vamos ver como corre este ano.

Shooting Guard: Wesley Matthews

Resultado de imagem para wesley matthews bucks

Conseguir Wesley para este ano foi muito importante para os Bucks! Matthews traz exatamente o que os Bucks precisam, apesar de já não ser o jogador que era, continua a ser uma peça que encaixa na perfeição no puzzle dos Bucks.

Pode já não contar com a agilidade de outros tempos, no entanto, continua a ser um defensor competente, um excelente atirador de 3 pontos e de média distância. Esta contratação tem tudo para ser um sucesso.

Small Forward: Khris Middleton

Resultado de imagem para khris middleton

Vem de um dos melhores anos da sua carreira o que lhe valeu um contrato elevadíssimo. Apesar de haver quem pense que o contrato é demasiado elevado para o jogador que é, não deixa de ser menos verdade que Middleton foi importantíssimo no sucesso desta equipa o ano passado.

Consegue fazer de tudo um pouco, extremamente versátil, consegue atirar, criar para os outros, entrar para o cesto com penetrações, tem bom posicionamento e defensivamente bastante competente. Uma peça fundamental para abrir espaço para os ataques ao cesto de Giannis.

Power Forward: Giannis Antetokounmpo

Imagem relacionada

Não é preciso dizer muito sobre o último MVP, apenas que ainda não atingiu todo o seu potencial! Sim é assustador ver o que Giannis já faz e ainda está em processo de evolução. Não nos podemos esquecer que estamos a falar de um jovem ainda.

A prova disso é que de ano para ano, aparece melhor e mais forte!

Já mostrou que é um batalhador dentro e fora de campo, sempre com vontade de fazer mais e melhor, já adicionou o lançamento de 3 pontos ao seu jogo, ainda com alguma irregularidade, mas a verdade é que já está bem melhor e vai continuar a melhorar! Está muito perto de ser o jogador mais imparável do mundo, resta saber até onde pode levar estes Bucks.

Center: Brook Lopez

Resultado de imagem para brook lopez

Brook Lopez ganhou uma nova vida nos Bucks, desde que chegou nem parece o mesmo jogador. Budenholzer afastou-o do cesto e deu-lhe a missão de ser um lançador de 3 pontos! O mais engraçado? Correu muito bem!

O seu lançamento exterior deu muitas vitórias o ano passado aos Bucks, é quase como se de um X-Factor se tratasse. Esta equipa dos Bucks só precisa de ter 4 atiradores e deixar as penetrações com Giannis.

Lopez foi sem dúvida um jackpot e vai ser essencial para o sucesso da equipa este ano.

Jogadores da rotação: George Hill, Donte DiVincenzo, Kyle Korver, Thanasis Antetokounmpo, Pat Connaughton, Ersan Ilyasova, Robin Lopez

Conclusão

Se os Bucks estão mais fortes que o ano passado? Ainda é cedo para tirar essas conclusões, é preciso ver que tipo de evolução estes jogadores conseguiram durante a off season, individualmente como em equipa, mas uma coisa é certa, são certamente candidatos ao título este ano.

Com o “Greek Freak” a um nível monstruoso quer ofensivamente quer defensivamente, os Bucks podem fazer frente a qualquer equipa.

Previsão da época: 55W-27L

Vasco Brito

Licenciado em Marketing, apaixonado por jogos online e tatuagens mas acima de tudo pelo melhor liga do mundo...NBA!

Deixe uma resposta