Lakers furiosos com a arbitragem

Nas últimas semanas, os Los Angeles Lakers perderam alguns jogos com decisões de arbitragem controversas nos instantes finais. E a derrota com os Boston Celtics (121-125, AP) não deve acalmar LeBron James e os companheiros.

Já irritado com um apito tardio num “and-one” de Jaylen Brown para empatar a 105-105 no final do 4º período, os Lakers ficaram furiosos especialmente numa falta não marcada sobre James.

Na última jogada antes do prolongamento, LeBron falhou um layup, mas deveria ter sido marcada uma falta a Jayson Tatum. O jogador dos Celtics acertou-lhe no braço, mas os árbitros não marcaram … para desespero de James, abatido. Mas também Patrick Beverley, sancionado com uma técnica.

“Todos viram a minha reação, lamentou LeBron James à imprensa. É um desafio. Não consigo entender. Não consigo … ataco o círculo tanto quanto outros tipos nesta liga que lançam mais de 10 lances livres por noite. Não entendo.

Não entrei em contacto com a NBA. Se a nossa organização quiser fazer isso, tudo bem. Mas isto não vai mudar nada. Viram algumas partidas que perdemos este ano, com omissões no final do jogo. Eu não consigo entender.

E, no entanto, assisto a basquetebol todos os dias. Eu assisto a todas as partidas, e não vejo isto nas outras. É apenas estranho.”

Irritado, James ainda escolheu bem as palavras para evitar uma multa. Da sua parte, Anthony Davis claramente não teve a mesma prioridade.

“No final das contas, é porcaria! É inaceitável! E posso garantir, nada vai acontecer com os árbitros. Fomos roubados esta noite, honestamente. Pat Bev só teve a bola em Brown. Houve falta.

LeBron leva um toque no braço. Inaceitável. Estes árbitros são maus. Eles são mesmo muito maus”, criticou o interior.

AD vai dar algo mais os cofres da NBA, mas a frustração dos Lakers pode ser compreendida…

Beverly tentou mostrar no final uma imagem da falta, tendo levado uma falta técnica.

Deixe um comentário