Jogo de 2 partes em Milwaukee

Os Charlotte Hornets e os Milwaukee Bucks foram protagonistas de um jogo cujo desfecho decidiu a passagem aos play-off de outra equipa da conferência Este.

Quer os Hornets, que lutam por um lugar nos play-off, quer os Bucks vinham de vitórias caseiras, com os Bucks a precisarem da vitória para ser a primeira equipa a chegarem à marca das 50 vitórias na presente temporada.

No 1° período, e à semelhança de muitos outros jogos, os Bucks entraram a dar vários pontos de vantagem ao adversário, com Kemba Walker e companhia a aproveitarem para chegarem ao final do 1° período com vantagem de 32-24.

No 2° período os Hornets ainda conseguiram chegar a estar na frente por 14 pontos, mas os Bucks reagiram e, com um Giannis Antetokounmpo com uma energia inesgotável nos dois lados do campo, foram chegando mais perto no marcador, algo que vem sendo habitual na equipa de Mike Budenholzer, parecendo estar a poupar energias para os momentos mais decisivos do encontro. Deste modo, as equipas chegaram ao intervalo com um resultado de 59-55 a favor dos Hornets, um jogo até então bastante equilibrado.

No 3° período veio ao de cima o melhor da equipa dos Bucks. Com um jogo dominante dentro da área pintada, e com Giannis Antetokounmpo intratável, de nada adiantou pará-lo em falta, pois não falhou nenhum dos seus lances livres, juntando a isto uma grande eficácia de lançamento de 3, um Brook Lopez e um Mirotic de mão quente e também uma grande disciplina defensiva. Os Hornets iam sobrevivendo a graças a grandes actuações de Kemba Walker e Kaminsky conseguiram chegar ao final do 3° período com desvantagem de 7 pontos, com o marcador em 94-87 a favor dos Bucks.

No último período os Bucks confirmaram o porquê de serem a equipa com melhor registo da época regular, chegando a aumentar a vantagem com facilidade, isto apesar dos minutos de descanso dados aos habituais jogadores do 5 inicial como Lopez, Giannis ou Bledsoe, tendo no banco várias soluções de qualidade, apesar do recém-contratado Pau Gasol não ter jogado.

Os resultado final foi 131-114 espelha bem a superioridade da equipa dos Bucks na 2a parte.

Giannis Antetokounmpo, um dos principais candidatos ao MVP, teve mais uma noite em grande, com 26 pontos, 6 assistências e 13 ressaltos, em apenas 30 minutos de jogo, bem auxiliado por Brook Lopez, com 25 pontos, 18 dos quais no 3° período.

Pelos Hornets, mais uma vez Kemba Walker foi o destaque, com 25 pontos e 4 assistências, máximos de equipa.

Os Bucks com esta vitória fizeram história, pois para além de atingirem as 50 vitórias e se manterem como líderes da conferência e equipa com melhor registo, esta é a primeira vez desde 1973/1974 que os Bucks atingem essa marca enquanto equipa com melhor registo, e de lembrar que essa equipa dos Bucks de 1973/1974 tinha no seu plantel um tal Kareem Abdul Jabbar, na altura conhecido como Lewis Alcindor. 50-16 estão os Bucks neste momento.

Para os Hornets esta derrota deixa a equipa com registo de 30-36, em 10° lugar na conferência Este, atrás dos Heat a Orlando Magic.

À margem disto, o resultado permitiu aos Toronto Raptors serem a 2a equipa da conferência Este e da NBA a alcançar um lugar nos play-off.

Márcio Dias

Natural e residente do Porto Licenciado em Línguas, literaturas e culturas na FLUP Fã de múscia, cinema e literatura, apaixonado por desporto e em particular por basquetebol

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *