Há 50 anos método pouco convencional mudava a história da NBA

Há 50 anos atrás, um método pouco ortodoxo de decidir qual a equipa que ficaria com a primeira escolha do draft da classe de 1969 mudaria para sempre a história da liga.

Os Phoenix Suns e os Milwaukee Bucks eram as equipas que estavam dependentes da sorte para conseguir o jovem mais talentoso da NCAA, isto apesar do pior registo dos Phoenix Suns, 16-66 contra os 27-55 dos Bucks.

Na altura, o método que decidiu a equipa a ter a 1a escolha foi fazendo cara ou coroa.

Por incrível que pareça, o resultado do sorteio foi revelado através de chamada, com as equipas a saberem do resultado do sorteio, feito em Nova Iorque, pelo telefone.

Os Phoenix Suns, por causa da pior campanha, tiveram a oportunidade de escolher, e escolheram cara.

O resultado foi coroa. Má sorte para os Phoenix Suns.

Assim, os Milwaukee Bucks teriam a oportunidade de ter a 1a escolha no draft do mês seguinte.

Poucos dias depois do sorteio, a equipa de UCLA ganhava o título da NCAA pelo 3° ano seguido. Eram comandados por um tal Lewis Alcindor, apontado como potencial 1a escolha do draft.

Os Milwaukee Bucks escolheram Lewis Alcindor, e não se iriam desiludir, com Lewis Alcindor a ter um impacto enorme não só nos Bucks como em toda a NBA. Após vencer o prémio de Rookie do ano, Lewis Alcindor iria ter como colega de equipa Oscar Robertson, numa tentativa dos Bucks de atacar o título. Tudo correu bem e os Bucks com Alcindor em plano de destaque, conquistariam o seu 1° título em 1971, até hoje o único.

Após o título, Alcindor mudaria o seu nome por causa da sua conversão ao Islão e ficaria conhecido como Kareem Abdul Jabbar. Ainda hoje Kareem Abdul Jabbar é recordado como um dos melhores, para alguns até o melhor, jogadores de sempre, tendo um impacto na NBA só comparável a Wilt Chamberlain, Michael Jordan ou LeBron James.

Kareem Abdul Jabbar jogaria também pelos Lakers, onde venceria 5 títulos. Ao longo da sua carreira de 20 anos na NBA, Kareem Abdul Jabbar foi 6× campeão, 6× MVP, recorde absoluto, 19× all-star, também recorde absoluto, 10× incluído na equipa principal da liga e ainda é o jogador com mais pontos marcados, com 38.387 pontos, isto para apenas resumir algumas das suas maiores façanhas.

Kareem Abdul Jabbar e o seu skyhook fizeram história na NBA. Ainda hoje poucos sabem que a sua história, e a de toda a liga, poderia ter sido muito diferente. Sorte dos Bucks foi o azar dos Suns.

Márcio Dias

Natural e residente do Porto Licenciado em Línguas, literaturas e culturas na FLUP Fã de múscia, cinema e literatura, apaixonado por desporto e em particular por basquetebol

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *