Griner continua detida na Rússia

Há preocupação em torno de Brittney Griner. A jogadora de Phoenix e da seleção norte-americana, é uma das jogadoras mais conhecidas da WNBA, está presa na Rússia há três semanas, revelou o New York Times no fim de semana. Num contexto global, a situação é preocupante para a estrela de 31 anos.

No seu caminho de volta para a Rússia dos Estados Unidos para continuar a temporada na equipa de Ekaterinburg, Griner foi presa no aeroporto com droga na forma de óleo e cigarros eletrónicos nas malas. Um crime punível com prisão de até 10 anos na Rússia…

O mais preocupante é que a informação levou quase três semanas para chegar aos meios de comunicação fora da Rússia. A WNBA e a equipa de Mercury garantiram que estão a monitorizar a situação diariamente para garantir que Brittney Griner possa regressar aos Estados Unidos com segurança, mas a jogadora, presumivelmente sem acesso a meios de comunicação, não fala desde a sua prisão.

É possível que a bicampeã olímpica e mundial seja usada pela Rússia nas próximas discussões com os Estados Unidos.

Deixe uma resposta