Equipas que irão superar as expectativas esta temporada

Vamos analisar as equipas que deverão ter melhor desempenho, comparando com a época anterior.

Toronto Raptors

Os Raptors estão de volta. Pelo menos, conseguirão estar em Toronto após uma temporada longe de casa, em Tampa Bay, Flórida. Uma mudança preocupante para a equipa canadiana, autores de uma temporada muito delicada no ano passado, apenas 27 vitórias em 72 jogos.

Uma grande queda após o título conquistado em 2019. Mas talvez apenas passageira. Porque mesmo que os Raptors não pareçam mais capazes de se intrometer na corrida ao título, ainda têm argumentos convincentes para se saírem significativamente melhor do que em 2021.

A equipa está em reconstrução, mais uma vez com muitos jogadores jovens. O progresso constante de OG Anunoby e Chris Boucher, misturado com os veteranos Fred VanVleet, Pascal Siakam e outros, deve permitir que Toronto volte ao top 8 no Este.

Sem esquecer, é claro, o promissor Scottie Barnes, quarta escolha do draft. Com Nick Nurse no comando, um grupo conhecido, esta equipa dos Raptors será interessante de acompanhar nesta temporada.

Dallas Mavericks

O recrutamento dos Mavericks foi fraco em comparação com outras equipas da conferência. A estrela da equipa, Luka Doncic, está apoiada por Kristaps Porzingis e Tim Hardaway Jr. Isso não faz necessariamente sonhar. No entanto, a mera progressão de Doncic pode ser suficiente para impulsionar a equipa do Texas para chegar aos primeiros lugares da conferência oeste.

Não têm o talento para apontar ao título, mas considerando a adaptação com Jason Kidd no banco a ir bem, vemos uma equipa nas primeiras posições.

Indiana Pacers

Ninguém espera muitos dos Pacers. Mas mesmo assim, esta equipa pode surpreender nesta temporada. Os resultados no ano passado (nono no Este com 34 vitórias) não são realmente fiéis ao talento geral do grupo. Entre Domantas Sabonis, Malcolm Brogdon, Caris LeVert e possivelmente o regresso de TJ Warren (ou mesmo Myles Turner), há muito por onde escolher.

Especialmente porque ainda são jogadores relativamente jovens. Com Rick Carlisle no banco, vindo de Dallas, Indiana tem um dos melhores treinadores da liga. O equilíbrio parece bom, o elenco é profundo.

O Pacers devem ser capazes de subir sem muitos problemas ao top 8, ou mesmo top 6.

Portland Trail Blazers

O futuro de Damian Lillard foi um dos temas quentes do verão, até que Ben Simmons pediu a saída dos Sixers. Depois de jurar lealdade aos Blazers e à cidade de Portland desde a sua chegada em 2012, o base All-Star mudou ligeiramente de tom ao discutir o futuro em Oregon.

Logicamente, Lillard é um dos melhores jogadores liga, e não se pode dar ao luxo de jogar sem outro All-Star. Percebe assim que provavelmente nunca chegará ao fim da carreira nos Blazers.

Enquanto isso, está lá “por enquanto“, como já referiu. A equipa ao seu redor é melhor do que parece.

Ao contratar Cody Zeller e especialmente ao trazer Larry Nance Jr, que substituem Enes Kanter e Carmelo Anthony, respetivamente, os Blazers trouxeram equilíbrio, seriedade e versatilidade a este grupo. Norman Powell poderá fazer uma temporada completa em Portland. 

Resta saber como Chauncey Billups pode ajudar o conjunto a seguir em frente. Mas o plantel é bom e pode chegar aos 4-5 primeiros no Oeste.

Deixe uma resposta