Charles Barkley critica a situação de Westbrook e Lakers.

Numa novela que parece infindável, Barkley toca no ponto essencial.

Na sequência da derrota dos Lakers, frente aos Warriors, para começar a época, uma coisa continua evidente. Não é segredo nenhum que, quer os Lakers, quer Westbrook estão insatisfeitos com a situação atual da equipa.

Por um lado, Westbrook não se encaixa naquele sistema, não tendo liberdade para comandar a equipa, conforme está habituado e como costuma ser mais bem-sucedido. Por outro lado, os Lakers estão a pagar um salário astronómico por um jogador que não está a render nem metade do que esperavam, e do que exigiam de um jogador deste calibre.

Depois surgem todos os rumores das trocas… Ora, isto também é negativo para ambas as partes. Westbrook tem de lidar com estes rumores e incerteza do seu futuro, e os Lakers saem fragilizados, em termos de mercado, porque mostram as “cartas” todas.

Barkley, comentou a situação e veio tocar no ponto essencial. O comentador explicou que ambas as partes precisam de um novo começo, mas que os Lakers estão a utilizar Westbrook como bode expiatório, consuminda toda a sua força de vontade. Referiu: “Eles [os Lakers] roubaram toda a felicidade e vontade de jogar basquete a Westbrook. Os Lakers não prestam. Ele costumava ser tão exuberante… Mas esta mentalidade de usar e desgastar… Jogar com o Patrick Beverly a titular… Ele vai levar com a culpa toda, independentemente do que aconteça. Já o utilizar como bode expiatório no ano passado.”

João Araújo Correia

Licenciado em Direito, 23 anos e sou fã incondicional dos Clippers desde a era da Lob-City. Desde pequeno que adoro basquetebol, tanto de ver como jogar! Apesar do Patrick Beverly estar enganado quanto aos próximos 5 anos serem dos Clippers, espero que seja, pelo menos, 1!

Deixe uma resposta