Toronto Raptors: Aposta para ganhar!

A única equipa que participa na NBA e não é dos Estados Unidos da América são os Toronto Raptors, equipa que representa o Canadá na melhor liga de basquetebol do mundo.

Vencedores da Conferência Este


Os Toronto Raptors foram uma das equipas que mais esteve envolvida em rumores, trocas e decisões importantes durante esta “offseason”. Falamos da equipa que terminou em 1º lugar na Conferência Este da época passada, terminaram com um impressionante registo de 59 vitórias e 23 derrotas. Nos playoffs venceram a primeira ronda frente aos Washington Wizards por 4-2, mas acabaram por ser vencidos pelos Cleveland Cavaliers por 4-3 nas meias finais da conferências, com LeBron James a “arrasar” mais uma vez a equipa de Toronto.

Vencer a conferência não é suficiente.

Perante este cenário a direção da equipa dos Raptors decidiu tomar decisões importantes, e começaram por despedir aquele que foi considerado o treinador do ano, Dwane Casey, que representou a equipa de 2011 a 2018, e apesar dos excelentes resultados que foi conseguindo na época regular, isso não foi suficiente para segurar o seu lugar. Nick Nurse é o novo treinador principal da equipa e terá uma missão complicada de conseguir superar os resultados de Dwane Casey.

 

 

A troca

Kawhi Leonard foi um dos nomes mais falados durante a época passada por ser evidente a sua vontade de sair dos San Antonio Spurs, o jogador foi associado a várias equipas, mas os Raptors nunca foram um destino provável.
Quando menos se esperava, era anunciada a troca entre os Spurs e os Raptors envolvendo os dois principais jogadores de cada equipa.

A troca realizou-se com os San Antonio Spurs a enviar para Toronto Kawhi Leonard e Danny Green, por sua vez, os Raptors enviaram a sua estrela DeMar DeRozan, Jakob Poeltl e ainda uma 1ª escolha de draft.

 

 

O plantel sem DeRozan mas com Kawhi Leonard!

A equipa dos Toronto Raptors é uma das mais completas da liga, com bastante profundidade o que tem valido excelentes épocas regulares inclusive, a de melhor equipa do Este na época regular.
Ao perder DeMar DeRozan o plantel perdeu a sua principal referência no entanto receberam em troca Kawhi Leonard e Danny Green, jogadores campeões que, se estiveram no seu melhor, podem ser um contributo decisivo para a equipa. Falamos de um jogador como Kawhi Leonard que já foi MVP das finais e considera o melhor defensor da liga, era também apontado como o futuro dos Spurs.

Jogadores que se mantiveram: OG Anunoby, Lorenzo Brown, Serge Ibaka, Kyle Lowry, CJ Miles, Norman Powell, Malachi Richardson, Pascal Siakam, Jonas Valanciunas, Fred VanVleet and Delon Wright.

Jogadores que entraram no plantel: Chris Boucher (Golden State), Kay Felder (Detroit), Danny Green (San Antonio), Kawhi Leonard (San Antonio), Jordan Loyd (Hapoel Eilat) and Greg Monroe (Boston).

Jogadores que saíram do plantel: DeMar DeRozan (San Antonio), Alfonzo McKinnie, Malcolm Miller, Lucas Nogueira and Jakob Poeltl (San Antonio).

 

 

 

 

Um objetivo maior

Quando olhamos para as decisões que a gerência dos Toronto Raptors tomaram para preparar esta época, podemos perceber que os Raptors estão a apostar em grande a curto prazo e que querem mais do que serem os primeiros classificados da conferência Este na época regular.

Ao despedirem o treinador e ao trocar o seu principal jogador é notória que a equipa precisava de uma mudança, no entanto esta mudança indica um sentido de vitória para os Raptors.
A equipa de Toronto manteve a estrutura base da equipa principal, com Lowry, Ibaka e Valanciunas, além disso contam com jogadores jovens e que vindos do banco contribuem sempre com bastante consistência, a juntar a isso os Raptors contam agora com um jogador do melhor que a liga tem, um jogador que já foi MVP das finais, que foi considerado o melhor defensor da liga, e esta podia ser a peça que faltava para os Raptors alcançarem algo maior.

 

 

 

Esta equipa não aparece entre as favoritas para ganharem o título de campeões da NBA, no entanto é uma equipa a ter em conta pelos seus adversários diretos. Trata-se de toda uma organização que quer mostrar que fez a opção certa ao mudar de treinador e a trocar o seu jogador principal, falamos de um plantel bem estruturado e que adicionou um dos melhores jogadores da liga. Se tivermos Kawhi Leonard ao mais alto nível e assim a equipa continue a mostrar a sua consistência, podemos ter aqui uma das “surpresas” da nova época.

 

 

Pedro Ribeiro

Formado em Ciências da Comunicação, trabalhou como Jornalista e Assessor de Comunicação. Fã da NBA, participou em vários projetos sobre esta liga. Fundador do site www.nbaportugal.com https://twitter.com/pedrofmribeiro

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *