Phoenix Suns despedem GM!

Os Phoenix Suns acabaram hoje de fazer uma grande mudança, na gerência da equipa, faltando apenas 8 dias para o inicio da época regular 2018/19. No período de manha, do dia de hoje, a equipa a despedir Ryan McDonough, do cargo de GM da equipa.

Essa notícia foi avançada pela própria NBA, onde o vice-presidente de operações de basquete da equipa, James Jones, que foi 3 vezes campeão da NBA, com os Miami Heat e os Cleveland Cavaliers, bem como o antigo assistente de McDonough, Trevor Bukstein, vão assumir o papel de GM da equipa interinamente.

Abaixo, a noticia:

The Phoenix Suns announced today that they have relieved Ryan McDonough of his role as general manager, effective immediately.

In the interim, general manager duties will be handled by Vice President of Basketball Operations James Jones and Assistant General Manager Trevor Bukstein. Jones will manage basketball operations including oversight of coaches, players and staff, while Bukstein will be the primary contact for player transactions.

De acordo com o guru da NBA, o jornalista da ESPN, Adrian Wojnarowski, o proprietário da equipa dos Suns, Robert Sarver, tem estado nos últimos dias muito activo com as operações do dia-a-dia da equipe, em todas as áreas.

McDonough serviu como o GM dos Suns desde 2013, vindo dos Boston Celtics, onde tinha trabalhado como o assistente do GM atual da equipa, Danny Ainge, por 10 anos.

Enquanto a equipa dos Suns esteve sobre a alça de McDonough durante esses 5 anos, a sua despedida nessa altura é um pouco curioso. Especialmente porque muitos analistas consideram que essa Offseason para os Suns foi muito bem aproveitada. Eles escolheram DeAndre Ayton como a pick no.1 do Draft 2018, contrataram também um novo treinador bem respeitado, Igor Kokoskov, sem esquecer que assinaram com Trevor Ariza, na agência livre, bem como Ryan Anderson e De’Anthony Melton, um jogador com grande potencial.

De ressaltar, que essa é a segunda temporada consecutiva que os Suns sofrem uma grande mudança logo no início de uma temporada. No ano passado, Eric Bledsoe twitou   “I don’t wanna be here” tradução portuguesa de “Eu não quero estar aqui ” depois de uma ultima temporada para esquecer. Pouco tempo depois, o treinador Earl Watson foi demitido, e Bledsoe foi negociado.

Apesar de suas lutas nas últimas temporadas, temos muito talento na equipa, com jogadores jovens como Devin Booker, Josh Jackson, DeAndre Ayton e muito mais, de modo que podem fazer uma temporada um pouco convincente. Como sempre, será interessante ver o que a equipa de Phoenix vai fazer numa temporada.

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *